Aqui você vai ficar sabendo como escolher nome para bebê.

Afinal, essa é uma decisão muito importante.

É a partir dessa escolha que muitos aspectos da vida do bebê podem ser definidos.

Como será conhecido, apelidos, brincadeiras e até mesmo confusões podem fazer parte da vida do seu filho dependendo do nome.

O nome vai além da beleza e deve ser muito bem pensado.

Pois, é uma escolha dos pais que o filho vai carregar para o resto de sua vida.

Escolher um nome para o filho também é uma forma de carinho.

Assim como dizia a canção gravada pelo Legião Urbana: “quero o nome mais bonito”.

Esse é o primeiro pensamento dos pais quando pensam em como escolher nome para bebê.

Mas, será que o filho vai gostar do nome quando crescer?

Essa é uma dúvida que sempre vai ficar.

Pois, por mais que você imagine e idealize seu filho.

Você ainda não tem a menor ideia de como ele será, como vai pensar e reagir.

Mas, é claro que vocês querem o nome mais bonito.

O nome mais bonito para uns pode ser um nome fácil e bem conhecido.

Outros acham que os filhos precisam ter nomes exclusivos e diferentes.

Uns gostam de nomes curtos, outros de nomes mais compridos.

Algumas mães já tem o nome escolhido desde a infância.

Outras ainda não tem a menor ideia de que nome colocar.

Nesse caso, você pode seguir 7 dicas de como escolher nome para bebê.

 

7 dicas de como escolher nome para bebê

Então, vamos ao que interessa e veja como escolher nome para bebê.

Lembrando que essa é uma decisão importante.

Além de seguir as dicas, tenha certeza que esse é o “nome mais bonito”.

 

1.      Consenso

 

Talvez essa parte seja a mais difícil.

Você, com certeza, já pensou em um ou mais nomes que você goste.

Mas, será que o seu companheiro concorda?

Eu sei que é você que carrega os 9 meses, passa pelo sono excessivo, enjoos, aumento de peso e todas as mudanças da gestação.

Mas, o pai também tem direito a opinar em relação ao nome.

Assim, como ele também vai ajudar nas noites mal dormidas,  auxiliar na amamentação, nos choros de cólica, nas primeiras papinhas, no desfralde e tantas outras tarefas.

Então, não tem jeito, vocês vão precisar concordar.

E, chegar no consenso em relação ao nome do bebê pode ser bem desafiador.

Mas, você pode conseguir.

Uma opção é levar em consideração a opinião do irmão do bebê.

É claro, se o bebê não for o primeiro filho e se o irmãozinho tiver idade suficiente para opinar.

Uma outra dica é não ficar perguntando para todo mundo.

Pois, você terá muitas opiniões diferentes e vai acabar confundindo mais do que ajudando.

Agora, se o consenso parece algo muito distante vocês podem apelar para as listas secretas.

Isso mesmo.

Estipulem um número de nomes que o pai e a mãe possam sugerir.

Cada um faz uma lista secreta com as suas sugestões.

Dê um tempo para que os dois possam pensar.

Depois disso, troquem as listas e vejam se existe algum nome em comum entre as listas.

Se não tiver, cada um pode fazer duas colunas na lista do outro.

Uma coluna “nem pensar” e outra “pode ser”.

A coluna “nem pensar” é óbvio que será descartada.

E a coluna “pode ser” deve ser analisada e repensada.

A partir dessa lista um pouco menor, tentem chegar em um acordo.

 

Se mesmo assim não der certo, existe uma outra opção.

Mas, nesse caso ela só funciona se vocês ainda não souberem o sexo do bebê.

A mãe escolhe o nome da menina e o pai do menino.

Ou vice-versa.

É uma decisão mais drástica, mas que pode funcionar.

 

2.      Significado

 

O nome é algo que carregamos para o resto de nossas vidas.

Um jeito bem interessante de escolher é através do significado.

Um nome bonito e com um significado marcante pode ser a melhor escolha.

 

3.      Nome de família ou nome bíblico

 

Algumas famílias tem o costume de repetir os nomes.

Os bebês herdam os nomes dos pais, avós, bisavós ou outro parente.

Essa costuma ser uma homenagem bem bonita.

Em alguns casos, para não gerar ciúme, pode juntar nomes de dois parentes e fazer um nome composto.

Claro, se os nomes combinarem e se for do agrado dos pais.

Uma outra opção é buscar nomes bíblicos.

Além de clássicos, bonitos e fáceis, os nomes bíblicos carregam histórias marcantes.

Tanto no nome de família quanto no nome bíblico, a criança pode aprender a amar o seu nome a partir das histórias de pessoas que tiveram o mesmo nome que elas.

Mas, cuidado nomes de celebridade.

Muitas vezes, são nomes diferentes e estrangeiros e as celebridades podem ser esquecidas com o tempo.

Talvez, você goste de determinado jogador de futebol ou ator.

Mas, seu filho poderá nem saber quem é e até mesmo pode não gostar do que ele faz.

Ou mais tarde aquela celebridade pode ter alguma atitude que você reprova.

Então, pense muito bem antes de escolher o nome do bebê.

 

4.     Como fica junto com o sobrenome?

 

Uma outra dica importante é cuidar como o nome vai ficar junto com o sobrenome.

Fale o nome completo em voz alta para garantir que não fique nenhum som ou palavra estranha quando o nome é falado.

Também verifique como vão ficar as iniciais juntas.

Algumas mães também gostam de aproveitar o sobrenome e combinar com o nome.

Como: Fernanda Fernandes ou Rodrigo Rodrigues

 

5.      Quais serão os possíveis apelidos?

 

Algumas mães colocam o nome dos filhos e já começam a chamar pelo apelido.

E, ultimamente alguns apelidos estão virando nomes.

Enfim, leve em consideração os possíveis apelidos e veja se você vai gostar ou não deles.

Pois, o seu filho pode ser chamado muito mais pelo apelido do que pelo próprio nome.

 

6.      Repita

 

Uma outra dica importante é você repetir o nome em voz alta por alguns dias.

Veja se você realmente gosta do nome, ou se ele se torna cansativo ao ser repetido.

Alguns nomes podem ser compridos demais e você acabar não gostando.

Ou até mesmo a pronúncia ser mais difícil.

Ou você pode perceber que o nome não era tão bonito assim.

Afinal, no dia-a-dia você vai repetir muito o nome do seu filho.

 

7.      Hora do nascimento

Ele se parece com… ?

Alguns pais optam por deixar para escolher o nome depois que o bebê nasce.

Com certeza deve ser mais emocionante.

Você está vendo o rostinho e o jeitinho dele.

A partir da primeira impressão, você escolhe o nome.

A parte ruim é que nada no enxoval poderá ser personalizado

Mas, isso não é nada tão importante assim, não é mesmo?

 

Nomes mais registrados em 2019

 

Você vai encontrar aqui os 10 nomes mais registrados no ano passado.

Se você gosta de nomes mais comuns, você poderá encontrar boas sugestões aqui.

Os nomes mais comuns são bons porque ser filho não vai ter dificuldade na hora que perguntarem o nome dele.

Mas, em qualquer lugar que ele for, vai encontrar pessoas com o nome repetido.

Agora, se você prefere nomes exclusivos, fuja dessa lista.

Os nomes exclusivos podem gerar dificuldade na compreensão de quem pergunta o nome do seu filho.

Mas, quando falarem o nome do seu filho todo mundo vai saber de quem estão falando.

Uma sugestão é cuidar na hora da grafia.

Pois, isso pode gerar uma dificuldade a mais sempre que seu filho precisar de algum tipo de atendimento.

Então, segue a lista de nomes.

 

Nomes para bebê masculino

 

Nome Origem Significado
Miguel Hebraico semelhante a Deus
Arthur Celta artus (“urso”), ou do sobrenome romano Artorius
Heitor Grego da raiz ekhein (“possuo”, “tenho em meu poder”)
Gabriel Hebraico homem de Deus
Bernardo Alemão ber (“urso”) e hard (“forte”)
Davi Hebraico  “amado”, “favorito”.
Theo Grego Abreviação de Teodoro, do grego theos (“Deus”) e doron (“dádiva”)
Pedro Grego Pedra
Lorenzo Latim Forma italiana e espanhola de Lourenço, derivado do latim Laurentius, designando os habitantes de Lorento (atual Paterno, Itália)
Lucas Grego relativo à Lucânia, região no sul da Itália.

 

Composto

 

Nome Significado primeiro nome Significado segundo nome
Enzo Gabriel Italiano, Alemão – Possivelmente derivado de Heinz, abreviação para o equivalente alemão a Henrique — de heim (“lar”) e ric (“poder”, “senhor”) Hebraico – homem de Deus
João Miguel Hebraico – “Deus é gracioso” Hebraico – semelhante a Deus
Pedro Henrique Grego – Pedra Alemão – de heim (“lar”) e ric (“domínio”, “príncipe”).
João Pedro Hebraico – “Deus é gracioso” Grego – Pedra
João Lucas Hebraico – “Deus é gracioso” Grego – relativo à Lucânia, região no sul da Itália.
Davi Lucas Hebraico – “amado”, “favorito”. Grego – relativo à Lucânia, região no sul da Itália.
Davi Lucca Hebraico – “amado”, “favorito”. Variação de Lucas – Grego – relativo à Lucânia, região no sul da Itália.
João Guilherme Hebraico – “Deus é gracioso” Alemão –  de wil (“desejo”) e helm (“elmo”, “proteção”), com o sentido figurado de “protetor resoluto”. Pode também fazer referência a Vili, deus da poesia e da sabedoria na mitologia nórdico-germânica.
João Gabriel Hebraico – “Deus é gracioso” Hebraico – homem de Deus
Arthur Miguel Celta – artus (“urso”), ou do sobrenome romano Artorius Hebraico – semelhante a Deus

 

Nomes para bebê feminino

 

Nome Origem Significado
Helena Grego “tocha” ou “luz”
Alice Francês, Alemão Do francês arcaico Adelais, do nome germânico Adelheidis (“nobre”)
Laura Latim Relativo a louro, folha usada como tempero e planta associada à glória e à vitória.
Valentina Latim Valente
Júlia Grego Feminino de Júlio, do latim Julius, com duas possíveis origens: do grego ioulos (“de barba felpuda”), ou então alusivo a Júpiter, formado pelas raízes dyeus (“céu”) e pater (“pai”), ou a juvenis (“jovem”).
Manuela Hebraico Feminino de Manuel, abreviação de Emanuel, do hebraico, significando “Deus está conosco”
Lívia Latim Feminino de Lívio, oriundo de um sobrenome romano, possivelmente derivado de livio (“invejar”) ou lividus (“pálido”, “invejoso”)
Heloísa Francês, Grego Do francês antigo Héloïse, possivelmente do grego helios (“sol”)
Cecília Latim feminino de Caecilius, de caecus (“cego”).
Sophia Grego “conhecimento” ou “saber”.

 

Compostos:

 

Nome Significado primeiro nome Significado segundo nome
Maria Eduarda Hebraico – Especialistas chegam a apontar mais de 70 possíveis significados, mas os mais comuns são “rebelde” (pela raiz marah), bem-nutrida (pela raiz mara, com o significado mais amplo de “perfeita”, “bela”) e amada (para raiz mry) Inglês – Do inglês arcaico ead (“fortuna”, “riqueza”) e weard (“guardião”)
Maria Clara Hebraico – Especialistas chegam a apontar mais de 70 possíveis significados, mas os mais comuns são “rebelde” (pela raiz marah), bem-nutrida (pela raiz mara, com o significado mais amplo de “perfeita”, “bela”) e amada (para raiz mry) Latim – “clara”, “brilhante”
Maria Júlia Hebraico – Especialistas chegam a apontar mais de 70 possíveis significados, mas os mais comuns são “rebelde” (pela raiz marah), bem-nutrida (pela raiz mara, com o significado mais amplo de “perfeita”, “bela”) e amada (para raiz mry) Grego – Feminino de Júlio, do latim Julius, com duas possíveis origens: do grego ioulos (“de barba felpuda”), ou então alusivo a Júpiter, formado pelas raízes dyeus (“céu”) e pater (“pai”), ou a juvenis (“jovem”).
Maria Cecília Hebraico – Especialistas chegam a apontar mais de 70 possíveis significados, mas os mais comuns são “rebelde” (pela raiz marah), bem-nutrida (pela raiz mara, com o significado mais amplo de “perfeita”, “bela”) e amada (para raiz mry) Latim – feminino de Caecilius, de caecus (“cego”).
Maria Luíza Hebraico – Especialistas chegam a apontar mais de 70 possíveis significados, mas os mais comuns são “rebelde” (pela raiz marah), bem-nutrida (pela raiz mara, com o significado mais amplo de “perfeita”, “bela”) e amada (para raiz mry) Alemão – Feminino de Luís/Luiz, nome de origem alemã que significa “guerreiro famoso”
Ana Clara Hebraico – “favor”, “graça” Latim – “clara”, “brilhante”
Maria Alice Hebraico – Especialistas chegam a apontar mais de 70 possíveis significados, mas os mais comuns são “rebelde” (pela raiz marah), bem-nutrida (pela raiz mara, com o significado mais amplo de “perfeita”, “bela”) e amada (para raiz mry) Francês, Alemão – Do francês arcaico Adelais, do nome germânico Adelheidis (“nobre”)
Ana Júlia Hebraico – “favor”, “graça” Grego – Feminino de Júlio, do latim Julius, com duas possíveis origens: do grego ioulos (“de barba felpuda”), ou então alusivo a Júpiter, formado pelas raízes dyeus (“céu”) e pater (“pai”), ou a juvenis (“jovem”).
Maria Vitória Hebraico – Especialistas chegam a apontar mais de 70 possíveis significados, mas os mais comuns são “rebelde” (pela raiz marah), bem-nutrida (pela raiz mara, com o significado mais amplo de “perfeita”, “bela”) e amada (para raiz mry) Latim – “vencer”
Maria Helena Hebraico – Especialistas chegam a apontar mais de 70 possíveis significados, mas os mais comuns são “rebelde” (pela raiz marah), bem-nutrida (pela raiz mara, com o significado mais amplo de “perfeita”, “bela”) e amada (para raiz mry) “tocha” ou “luz”

 

Experiência de mãe

 

Eu tive duas meninas.

Eu sou aquela mãe que já tinha o nome da filha escolhido desde a minha infância.

O marido só precisou concordar.

Então, a minha primeira filha teve um nome bíblico que eu amo: Ester.

Acho linda a história e o significado do nome: estrela.

A minha segunda filha eu perdi o poder de escolha.

Já que eu já tinha escolhido o nome da primeira.

Mas, eu tinha o poder de veto.

Depois de muito tempo, ele escolheu o nome Olívia.

Embora eu achasse o nome bonito, fiquei receosa por ter medo de possíveis apelidos.

Mas, depois de algum tempo eu aceitei o nome.

E agora, nós temos duas princesas com dois nomes lindos: Ester e Olívia.

Gostou do artigo?

Deixa um comentário e nos segue no Instagram e YouTube.

E bem-vinda ao mundo da maternidade.