Aqui você vai ficar sabendo 12 dicas de como perder a barriga flácida depois da gravidez.

 

A gestação é cheia de altos e baixos.

Tanto hormonais, quanto de sentimentos.

Afinal, nós mães, amamos o nosso bebê.

Nem tínhamos ideia que poderíamos doar tanto amor assim.

Ficamos bobas a cada sorriso e gracinha nova que o bebê faz.

Mas, também enfrentamos grandes desafios.

Como a amamentação, as noites mal dormidas e o cansaço.

Junto com tudo isso, nós vivenciamos uma grande mudança no nosso tempo, na nossa rotina, nos nossos sentimentos e também no nosso corpo.

Não é agradável ver as mudanças e as marcas que a gestação deixou no nosso corpo.

A mudança é realmente grande e olhar no espelho e enxergar uma mulher com o corpo diferente, pode sim, afetar e muito a nossa autoestima e nossos sentimentos.

Não se culpe e não pense que é ingratidão

Afinal, esse foi um preço muito baixo por ter recebido o melhor presente que você poderia sonhar.

Mas, mesmo assim, não é errado sentir falta do corpo que você já teve.

A boa notícia, é que mesmo que você tenha tido filhos há muito tempo.

E mesmo que você tenha ganhado muito peso durante a gestação:

Você, pode sim, voltar a ter o corpo que você tinha.

Aqui, você vai encontrar dicas de como perder a barriga flácida depois da gravidez.

 

Aproveite e já confira algumas indicações.

Mas, é importante continuar lendo o artigo e não perder nenhuma dica.

 

MAMÃE COMPLETA EXERCÍCIOS

 

MAMÃE SARADA

 

Como evitar a barriga flácida depois da gravidez?

 

Melhor que saber como perder a barriga flácida depois da gravidez é evitar que a barriga fique flácida.

Para isso, você vai precisar de alguns cuidados durante a gestação.

Aproveite que o bebê ainda não chegou e que você tem um pouco mais de tempo para cuidar da sua alimentação e exercícios.

E, para evitar a flacidez da barriga depois da gravidez as dicas são bem simples:

 

1.      Faça exercícios físicos – específicos para gestantes

 

Mesmo durante a gestação os exercícios físicos são recomendados.

Converse com seu médico sobre isso.

Se a sua gestação não tiver nenhuma complicação a prática de atividades físicas costuma ser liberada.

Se você já era uma mulher que costumava fazer exercícios físicos você poderá continuar fazendo.

Claro, que com algumas modificações.

Agora, se você era sedentária antes de engravidar e quiser começar a fazer atividade, o ideal é procurar atividades de leve impacto.

Você pode optar por caminhadas leves, hidroginástica, pilates ou ioga.

Sempre seguido por orientação médica.

Alguns obstetras costumam liberar a prática de atividade física somente após o primeiro trimestre de gestação.

 

2.      Cuide da sua dieta

 

Essa história que você precisa comer por dois não é verdade.

É recomendado aumentar somente em 300 calorias a sua dieta diária.

Mas, se você já está acima do peso, talvez não precise nem isso.

Você pode aproveitar o tempo da gestação e ir equilibrando a dieta e até diminuir o peso extra.

Claro, que isso é proporcionalmente.

Você não vai iniciar a gestação com 80kg e terminar com 75kg.

Isso não será saudável.

Mas, você pode terminar com 85kg, por exemplo.

Nesse caso, você terá emagrecido durante a gestação.

Pois, o normal é que você aumente de 9 a 12kg.

Agora, se você está acima do peso e pretende se controlar mais durante a gestação.

Então, procure um nutricionista para não colocar nem a sua saúde, nem o desenvolvimento do seu bebê em risco.

 

Como evitar outras mudanças no corpo?

 

Você poderá evitar não somente a barriga flácida.

Mas, também poderá evitar outras mudanças no seu corpo com alguns cuidados durante a gestação.

 

3.      Beba água

Sabe aquele inchaço característico da gestação?

Ele ocorre devido ao peso da barriga que podem comprimir vasos importantes.

Mas, você pode amenizar bebendo bastante água.

A água auxilia no funcionamento dos rins.

E são os rins que vão ajudar a manter o seu corpo desinchado.

 

4.      Hidrate sua pele

 

Você sabe que além da flacidez da barriga existe outra inimiga das mães: a estria.

As estrias costumam aparecer bem mais em quem já tem uma predisposição genética para isso.

Mas, você pode ajudar a evitar usando um bom hidratante.

Procure um creme específico para gestantes.

E use óleo de amêndoas durante o banho.

Ele também vai auxiliar na hidratação da sua pele.

 

5.      Evite sol na barriga

 

Outra mudança que ocorre na gestação é uma linha marrom que divide a barriga no meio.

Essa é chamada linha nigra e ocorre pela alteração hormonal.

Mas, não se preocupe é só cuidar para não tomar sol para ela não escurecer ainda mais.

E depois de algum tempo do parto ela vai desaparecer.

 

Como perder a barriga flácida depois da gravidez?

 

Agora vamos para o que interessa.

Tendo se cuidado ou não durante a gestação você fica com uma barriga de herança.

Algumas mães mais sortudas, e com um metabolismo e genética que colaboram, conseguem rapidamente retornar ao seu corpo.

Mas, uma boa parte das mães não conseguem mesmo depois de alguns anos.

O normal, é conseguir voltar ao normal tanto no corpo quanto em relação aos hormônios um ano após o parto.

Então, não se cobre tanto.

Seu corpo foi sendo modificado durante 9 meses e não vai ser da noite para o dia que todos os órgãos e músculos retornarão aos seus lugares.

Então, segue lendo o artigo e você vai ver dicas de como perder a barriga flácida depois da gravidez.

 

6.      Cuide o que comer

 

Na gestação é fácil você cuidar da sua alimentação.

Seu bebê está quietinho e protegido dentro da sua barriga.

Mas, quando ele nasce a sua rotina muda drasticamente.

Você vai dormir menos e ter muitas tarefas a mais no seu dia.

A amamentação pode fazer com que você tenha mais fome que o normal.

Então, você pode ser aquela mãe que está tão atarefada que esquece o que comer.

Ou pode ser aquela mãe que enquanto amamenta está comendo um biscoito ou até mesmo um pedaço de pão.

É claro que a fruta ficou de fora.

Os dois casos vão precisar ter um cuidado especial na alimentação.

 

7.      Faça exercícios físicos específicos para pós-parto

Você precisará fazer exercícios físicos tanto para evitar a barriga quanto para perder a barriga após a gravidez.

E aqui você pode cometer alguns equívocos.

É claro que todo exercício é válido para a sua saúde e bem-estar.

Mas, após a gravidez o seu abdômen pode precisar de uns cuidados extras.

Você já ouviu falar em diástase?

Não é obrigatório ter diástase devido a gestação, mas é bem comum.

Muitas mães não conseguem perder aquela barriga flácida por causa disso.

Mas, vou explicar melhor.

 

O que é diástase?

 

Ao longo da gestação a sua barriga cresce e vai movendo órgãos, esticando músculos e pele.

Quando o bebê nasce fica um grande espaço.

Aos poucos os órgãos vão voltando ao lugar (assim como foi aos poucos que eles saíram).

E a pele e os músculos podem acabar não voltando como deveriam.

A barriga fica flácida e isso pode ficar anos assim.

Até sua vida inteira, se você não fizer os exercícios certos.

Mas, a boa notícia é que tudo pode voltar ao lugar.

É só você procurar ajuda profissional e fazer exercícios específicos para quem foi mãe.

Vou deixar algumas dicas de onde você pode encontrar esses exercícios.

Não importa se você foi mãe há muitos anos.

Com a ajuda certa você vai descobrir como perder a barriga flácida depois da gravidez.

Lembrando que você sempre deve conversar com o seu médico sobre isso.

Normalmente, os exercícios são liberados 20 dias após o parto normal e 40 dias após a cesárea.

 

MAMÃE COMPLETA EXERCÍCIOS

 

MAMÃE SARADA

 

9.      Amamente

 

A história que amamentar emagrece não é mito.

Você sabia que a amamentação faz perder em torno de 750 calorias por dia?

Isso mesmo, isso equivale a uma boa aula de aeróbica.

Mas, o grande problema da amamentação é que dá fome.

Então, se você conseguir associar a amamentação e ainda manter uma dieta equilibrada, você vai conseguir perder peso.

E diminuir a barriga indesejada.

 

10.      Tenha momentos de lazer

 

A vida de uma mãe é meio doida mesmo.

A rotina é uma loucura. Você quase não para.

Termina de trocar uma fralda e já tem que amamentar.

O bebê dorme e você precisa lavar a roupa, ou estender, ou dobrar.

A louça precisa ser lavada e o bebê acorda, então mais uma mamada e outra fralda para trocar.

A unha precisa ser cortada e quando você vê já é hora do banho.

Ufa! É muita coisa para fazer.

E eu sei bem disso, os dias passam e você nem percebe que não cuidou de você.

Então, procure algo que você goste de fazer.

Pois, a ansiedade e as mudanças hormonais dessa época vão fazer você só pensar em comida.

Então, tente ver uma série ou um filme enquanto amamenta.

Ou leia um livro, algo que você goste de fazer e que vai te deixar mais calma.

Se conseguir que alguém cuide do bebê para você dar uma passada no salão de beleza, faça isso.

Mas, faça algo que você goste.

Não vá ao salão se você não gosta de salão de beleza.

O importante é você se sentir bem e ficar menos ansiosa.

 

11.      Use cinta modeladora

 

Não é para você parecer mais magra e com o corpo no lugar.

A cinta modeladora deve ser usada até os 5 meses de pós-parto.

Isso porque ela vai ajudar a levar a musculatura de volta ao lugar dela.

Então, não é bobagem.

A cinta deve ser confortável, mas deve ter compressão.

Então, procure cinta de tecidos naturais e sem arame.

 

12.      Beba muita água

 

Assim como na gestação a água vai ajudar no funcionamento dos rins e eliminar o líquido extra do corpo.

Você vai ficar menos inchada.

Mas, nesse período de pós-parto a água é mais importante ainda.

Pois, vai ajudar na produção de leite.

Então, procure tomar em torno de 3 litros por dia.

 

Experiência de mãe

Eu sou uma mãe acima do peso.

A minha genética não é das melhores para isso.

Quando engravidei da minha primeira filha procurei manter uma dieta saudável e até consegui aumentar somente 8kg na gravidez.

Mas, na amamentação acabei engordando.

A alimentação não foi nada saudável.

Após, desmamar a minha filha mais velha eu comecei a fazer exercícios físicos específicos para pós-parto.

Usei o creme com xantina e aliei a uma dieta alimentar.

Em 2 meses eu estava com o meu corpo de volta no lugar e até melhor que antes.

Mas, não levou muito tempo e eu engravidei pela segunda vez.

Mas, essa gestação foi diferente.

Fiquei em repouso desde os 4 meses de gestação e acabei engordando 17kg.

Dos 17kg eu já consegui perder 11kg.

Mas, ainda tenho muito chão pela frente.

Com duas filhas pequenas e todas as tarefas que nós mães temos ainda não consegui encaixar o exercício físico de volta à minha rotina.

Pretendo fazer isso em breve.

Afinal, eu já sei como perder a barriga flácida depois da gravidez.

 

Gostou do artigo?

Deixa um comentário e nos segue no Instagram e YouTube.

E bem-vinda ao mundo da maternidade.