Não é recomendado andador para bebê, pelo menos não aquele comum que nós costumamos ver ser utilizado.

Mas, existe um modelo que você pode usar: o de empurrar.

Confere na tabela os melhores andadores de empurrar.

E continue lendo o artigo que você já vai saber mais detalhes.

Andador

Interativo

Segurança

Extra

Andador Maral Multicor 4 em 1

 

Sim

Freio

Vira mesa

Andador Mattel Fisher-Price

 

Sim

Canções e frases de incentivo

Andador Magic Toys Robô

 

Sim

Andador e Carrinho First Step Construtor

 

Sim

Vira motinho

Andador para bebê 3 em 1 Calesita

 

Sim

Trava nas rodas

Vira mesa

 

A fase em que o bebê começa a querer dar os primeiros passos é linda e encantadora.

É emocionante ver aquele pinguinho de gente, gordinho de fralda, mal se equilibrando e andando pela casa.

A cena é tão linda que todos param o que estão fazendo para ver e registrar o momento.

Mas, também é muito cansativo e exige muita atenção dos pais.

O bebê começa a se arriscar mais, tentar ficar em pé sem apoio e ir caminhando apoiado nos móveis.

E tudo isso pode ocasionar algumas quedas e faz com que os pais tenham que ficar com os olhos no bebê o tempo todo.

Além disso, o bebê exige que os pais “caminhem” com ele.

E isso gera muito cansaço físico.

É uma das fases que exigem mais esforço e atenção dos pais.

Para tornar esse trabalho um pouco mais fácil alguns pais optam pelo uso de andadores.

Assim, o bebê vai para onde quer e se distrai.

Mas, o grande problema é que a Sociedade Brasileira de Pediatria contraindica o uso desse produto.

Ou seja, não é recomendado andador para bebê.

 

Por que o bebê não pode usar andador?

 

Você já sabe que não é recomendado andador para bebê e que é contraindicado pela Sociedade Brasileira de Pediatria.

A comercialização desse produto chegou até a ser proibida.

E agora você vai ficar sabendo o porquê.

 

Não é recomendado andador para bebê, pois confunde a criança

 

Isso mesmo.

O andador não imita o jeito certo de caminhar.

O bebê fica pendurado e apoiado por quatro rodinhas.

A única função do bebê é impulsionar com as pontas dos pés, somente isso.

E isso não é nem de perto o jeito certo de caminhar.

Com o andador o bebê não desenvolve o equilíbrio, pois está apoiado por todos os lados.

E ainda por cima retarda o desenvolvimento motor, pois não fortalece os músculos e tendões que o bebê precisa para caminhar.

 

Não é recomendado andador para bebê, pois não é seguro

 

O andador para bebê oferece uma independência que o bebê ainda não está maduro para ter.

Normalmente os bebês são colocados em andadores antes mesmo da idade certa para caminhar.

Então, eles começam a se locomover e ter acesso a áreas da casa que não deveriam ter.

Além disso, com o andador o bebê “caminha” com uma velocidade muito maior e isso não dá tempo de resposta aos pais.

As quedas são mais frequentes, pois além da velocidade a criança esbarra em tapetes, brinquedos e móveis.

Afinal, além da criança ainda não ter tanta noção de espaço o andador ocupa um espaço bem maior que o seu corpo.

E, infelizmente, as quedas com andador podem levar até à traumatismo craniano.

 

Não é recomendado andador para bebê, pois prejudica as articulações

 

As articulações são protegidas por ligamentos, tendões e músculos.

São essas estruturas que fazem com que a articulação não saia do lugar (luxação).

Um bebê ainda não fortaleceu os ligamentos, músculos e tendões.

Isso só ocorre à medida que ele vai tentando se levantar, engatinhando, brincando, etc…

O fortalecimento ocorre sempre com o uso constante daquela estrutura.

Seja ela músculo, tendão ou ligamento.

No momento em que você coloca um bebê num andador você não está permitindo ele fortalecer essas estruturas.

E faz com que o bebê utilize as articulações que ainda não estão preparadas para esse uso, pois ainda estão frouxas.

 

Não é recomendado andador para bebê devido à má postura

 

Você já deve ter percebido que o bebê que usa o andador não fica na postura correta.

Normalmente ele está “jogado” para um dos lados do andador.

Essa má postura repetida por vários dias pode sim levar a futuros problemas na região da coluna.

Além do mais, o bebê que usa o andador não desenvolve o engatinhar.

Essa importante fase do desenvolvimento motor da criança ajuda coordenação motora e no fortalecimento dos músculos.

 

Não é recomendado andador para bebê, pois atrasa o desenvolvimento intelectual

 

Além de prejudicar o desenvolvimento motor do bebê o andador também prejudica o desenvolvimento intelectual.

Isso acontece porque a criança não explora o ambiente que está como deveria.

Como ele fica no andador o bebê acaba não alcançando os brinquedos que estão no chão e não faz a troca de um brinquedo para o outro.

O ideal é que os brinquedos estejam à disposição do bebê para ele explorar conforme a sua curiosidade.

 

Então, agora você já sabe que não é recomendado andador para bebê e também sabe os motivos.

Mas, é importante você ter conhecimento de mais duas informações:

– bebês com doenças neurológicas podem precisar de andador, mas será recomendado pelo fisioterapeuta ou médico.

– há um tipo de andador que pode ajudar a criança a aprender a caminhar.

 

Qual andador é indicado para bebê?

 

As empresas de produtos infantis começaram a produzir novas opções de andadores depois que os andadores tradicionais foram considerados perigosos para o bebê.

Esses novos andadores tem como objetivo deixar o produto mais seguro e não prejudicar o desenvolvimento motor do bebê.

Então, agora existe no mercado um andador de empurrar que pode ajudar o bebê a aprender a caminhar.

Esses andadores parecem um carrinho de supermercado e o bebê fica na postura correta e troca o passo da maneira correta.

O andador só auxilia no equilíbrio e na segurança.

Mas, é claro que os pais precisam estar atentos para evitar quedas.

Lembrando que os tombos são normais nesse processo de aprendizagem.

Mas, é muito importante que o andador só comece a ser utilizado após o bebê engatinhar.

Assim você não estará antecipando o processo e prejudicando a coordenação motora do seu filho.

Outra dica importante é não usar o andador o tempo todo.

Intercale:

– andador de empurrar

– bebê livre e solto para brincar

 

A seguir você vai ter algumas sugestões de modelos desses andadores de empurrar.

Eles também são bem coloridos e interativos e ótimas opções de distração e aprendizado para o bebê.

 

Andador Maral Multicor 4 em 1

 

Esse é um modelo bem interessante.

Pois, esse andador vira uma mesa com 8 brincadeiras diferentes.

Entre engrenagens e relógios o seu filho vai ter muita diversão.

Além disso, ele vem com freio que proporciona mais segurança para o seu bebê.

Esse modelo vem com apoio de chão e 2 cintas para pendurar o andador no berço ou cercadinho.

 

Veja o preço atualizado:

 

Andador Mattel Fisher-Price

 

Esse modelo é bem interativo.

Além de ser usado como andador de empurrar ele pode ser usado no chão para brincar.

Possui atividades para coordenação motora e frases de incentivo.

O seu filho vai começar a aprender o alfabeto e números através de canções e frases.

E os botões acendem para ligar as luzinhas.

 

Veja o preço atualizado:

Andador Magic Toys Robô

 

Além de lindo e útil esse andador também serve como um ótimo brinquedo para o seu filho.

Ele fala seis frases diferentes e acende os olhos.

A cabeça é divertida com um passa-formas e antena.

E é cheio de brinquedos de encaixe e engrenagens.

 

Veja o preço atualizado:

Andador e Carrinho First Step Construtor

 

Esse andador é cheio de charme.

Ele parece um caminhãozinho e serve tanto como andador como motinho.

Assim, o papai ou a mamãe vão poder passear com o bebê também.

Ele tem volante com buzina, som e luzes, haste removível, cercado de proteção removível com painel interativo e assento com peças geométricas para encaixar.
Além de apoio removível para os pés, evitando o contato com o solo enquanto o brinquedo é movimentado.
E no assento você vai encontrar um baú.

 

Veja o preço atualizado:

Andador para bebê 3 em 1 Calesita

 

Esse andador se transforma num painel e numa mesa interativa também.

É uma ótima opção para o bebê se desenvolver e brincar.

Ele também tem sons e brinquedos de encaixar e peças giratórias.

Para maior segurança esse modelo possui travas nas rodas.

 

Veja o preço atualizado:

Quer saber mais sobre brinquedos para bebê?

1 ano

6 meses

3 meses

 

Como ensinar o bebê a andar?

 

A melhor maneira de ensinar o seu bebê a caminhar é deixando ele livre e solto no chão.

A própria curiosidade do bebê vai fazer com que ele explore o ambiente e vá aos poucos se segurando nos móveis para caminhar.

Com o tempo e conforme for se sentindo seguro ele vai tentar ficar em pé sozinho e vai começando a passar de um móvel para outro.

Até que um dia você vai ver o seu bebê perambulando pela sala.

É uma cena linda ver aquele pedaço de gente andando parecendo um robozinho pela casa.

Não tem como se não se emocionar e como não sair correndo para conseguir fazer um vídeo e mostrar para todo mundo.

 

Mas, além de deixar o bebê livre os pais podem ajudar o bebê a aprender a caminhar de algumas outras formas:

 

Deixando o bebê brincar descalço

 

Alguns calçados ou meias podem deixar mais difícil o processo de aprendizagem.

Alguns materiais são escorregadios e outros calçados podem não ser tão firmes nos pés.

Isso acaba dificultando ainda mais.

Mas, sabemos que em algumas regiões do Brasil o inverno é bem rigoroso.

Então, não tem como deixar o bebê sem calçado.

Nesse caso, opte por um calçado que fique bem firme no pé e que tenha um solado que não derrape.

Os tênis são uma ótima opção.

 

Andando com o bebê segurado pelas mãos

Essa é uma cena clássica de papais e mamães.

Mas, vamos combinar que é algo bem cansativo também.

E pode causar dores na coluna dos pais.

Para tentar amenizar as dores uma dica é que o bebê ande de mãos dadas com os dois pais, um de cada lado.

Ou você pode tentar andar com ele no chão e você sentado em alguma cadeira ou banco que tenha rodinhas.

Mas, é importante conseguir uma cadeira ou banco que tenha o tamanho ideal (não pode ser muito grande) para você conseguir andar de uma maneira segura com o seu bebê.

E, você também pode optar por um outro tipo de andador que é como um cinto para o bebê.

Ele é ergonômico e com alças reguláveis e a criança fica encaixada de uma forma confortável.

 

Confere aqui o andador e o preço:

 

Chamando o bebê

 

Você pode encostar o bebê no sofá, parede ou em algum local seguro e se afastar um pouco.

Após, chame o bebê e tente que ele caminhe até você.

Aos poucos o bebê vai ganhando confiança e dando os seus primeiros passos.

 

Mas, afinal, é recomendado andador para bebê?

 

Aquele modelo antigo de andador de rodinhas em que o bebê fica preso no meio não é recomendado.

A Sociedade Brasileira de Pediatria contraindica e pode ser até perogoso.

O andador que pode ser utilizado é de empurrar.

Não esquecendo de tomar todos os cuidados para evitar quedas.

Você também pode utilizar o andador que é tipo um cinto no bebê.

Esse andador ajuda a estimular o seu bebê a caminhar e evita dores nas suas costas.

 

Espero ter ajudado a entender o motivo que você não deve usar o andador tradicional com o seu bebê.

 

Gostou do artigo?

Deixa um comentário e nos segue no Instagram.

E bem-vinda ao mundo da maternidade.