Veja 4 ótimos modelos e descubra qual a melhor cadeira de alimentação.

 

Seu bebê está ficando maiorzinho e desafios maiores começam a aparecer, entre eles chega a hora da papinha.

Aos seis meses de vida seu bebê deixará de ser alimentado exclusivamente por leite materno e inicia uma nova fase do desenvolvimento, a introdução alimentar.

A partir desse momento a mamãe começa a ter que se preocupar com algumas novidades, desde a alimentação, até qual é a melhor maneira de fazer as refeições encaixarem na rotina.

Acostumar o seu bebê desde pequeno a fazer as refeições junto à família é importante para o desenvolvimento social.

Além disso crianças se sentem mais estimuladas a comer quando observam os adultos fazendo o mesmo.

Fazer uma refeição com a criança no colo pode ser difícil tanto para ela como para o adulto.

Então chega a hora de pensar em um utensílio que fará parte de muitos momentos da vida do seu filho: a cadeira de alimentação.

Você encontrará diversos modelos e tipos de cadeiras, mas é preciso analisar alguns fatores antes de escolher a sua.

Segurança, funcionalidade, facilidade de limpeza, são algumas das coisas que precisam ser levadas em consideração.

Para atender às suas necessidades a cadeira precisa preencher alguns requisitos, para isso preparamos um guia que ajudará você a decidir qual é a melhor cadeira de alimentação.

A seguir confira as principais dicas para fazer uma boa escolha, quais são as marcas mais confiáveis e ainda uma lista com indicações para cada necessidade.

 

Quando comprar uma cadeira de alimentação?

 

O leite materno deve ser o único alimento do seu filho até os seis meses de vida, após isso é preciso iniciar a introdução alimentar.

No entanto com seis meses o bebê ainda não tem plena autonomia para sustentar a coluna e permanecer sentado por conta.

Por esse motivo os primeiros alimentos serão oferecidos ainda no colo, mas é importante observá-lo para que assim que ele sente sozinho, por volta dos oito meses, passe a se alimentar em seu próprio lugar.

Neste momento a cadeira de alimentação pode ser introduzida na rotina da família e a criança já pode sentar à mesa com os demais.

Vale a pena adquirir uma cadeira de alimentação?

 

O objetivo da cadeira de alimentação é oferecer um assento seguro e próprio para uma criança, alcançando a altura da mesa.

É importante que o bebê seja introduzido na vida social da família e entrar na rotina da casa é a melhor maneira de fazer isso.

Estar de frente para outras pessoas se alimentando e ter contato visual com elas é importante para o desenvolvimento alimentar de seu filho.

A cadeira poderá ser usada até o bebê atingir por volta de 15 quilos, ou seja, entre os dois e três anos de idade.

Nesse momento observe de acordo com o tamanho de seu filho quando ele conseguir alcançar a mesa apenas com um assento mais elevado.

 

Qual a melhor Cadeira de alimentação? 

 

Entre as melhores cadeiras de alimentação disponíveis no mercado algumas marcas se destacam.

Abaixo confira algumas indicações:

 

Cadeira de Refeição Alta Premium, Galzerano, Real, Até 15 kg

 

A cadeira de refeição da Galzerano é ideal para bebês de até 15 kg, com acolchoado removível, assento e encosto acolchoado em plástico laminado é fácil de limpar.

Possui bandeja removível com 3 posições de regulagem, cinto de segurança de 5 pontos, cinto de segurança com 2 regulagens de altura, estrutura em plástico injetado de alta resistência e ainda é regulável, para fácil armazenamento e transporte.

 

Veja o preço atualizado:

 

                              

 

Papa & Soneca, Burigotto, Peixinho Azul

 

Para crianças de 6 a 36 meses, até 15kg a cadeira de alimentação da Burigotto proporciona segurança e conforto em harmonia.

Com cinto de segurança de 5 pontos, regulagem na altura dos ombros, encosto reclinável em três posições.

Duas bandejas sobrepostas e removíveis ela é segura, leve e compacta, fácil de abrir, dobrar e guardar.

 

Veja o preço atualizado:

 

                 

 

Cadeira de alimentação portátil

 

Se você busca por uma cadeira de alimentação portátil que possa ser facilmente transportada em asseios e viagens, o ideal é optar pelo assento elevatório.

Esse modelo de cadeira de refeição pode ser dobrado e alguns modelos possuem inclusive alças que transportam a cadeira como se fosse uma bolsa.

Confira opções:

 

Cadeira de Refeição Portátil Pop Cosco – Azul

 

Cadeira de refeição portátil com 3 posições de altura, bandeja removível e sistema de fixação para cadeiras de adulto.

Com acolchoado removível e lavável, fechamento ultracompacto, alça para levar onde quiser e cinto de segurança de 3 pontos.

Assento com 3 posições de altura e capa protetora lavável à mão e cinto de segurança de 3 pontos.

 

Veja o preço atualizado:

 

 

Assento Elevatório Chicco Mode Fancy Chicken, Chicco, Fancy Chicken

 

O assento elevatório chicco mode é uma alternativa prática e confortável para as primeiras refeições, sejam elas em casa ou qualquer outro lugar. O chicco mode é de fácil transporte e se adapta facilmente a diferentes tipos de cadeiras, graças às alças de fixação ajustáveis.

 

Veja o preço atualizado:

 

                    

 

Modelos

 

Você encontrará diversas modelos de cadeira de alimentação para comprar online, cada uma com seus prós e contras.

Entre os modelos existem três categorias que se destacam: os modelos tradicionais, as cadeiras que se acoplam à mesa e os boosters, assentos que adaptam uma cadeira comum para crianças.

A seguir entenda melhor as principais características de cada um deles:

Cadeiras tradicionais

 

Se trata de uma cadeira com bandeja acoplada e altura elevada que possui itens de segurança para prender o bebê ao assento.

Esse tipo de cadeira é bom por limitar o espaço da criança e concentrar a bagunça e sujeira, típicas das refeições dos pequenos.

Por outro lado costuma ser um utensílio muito grande que para muitas casas acaba se tornando um estorvo.

Cadeira para acoplar à mesa

 

Esse utensílio consiste em uma cadeira elevada que é encaixada à mesa para a criança comer junto aos familiares.

Como principal vantagem essa cadeira se destaca por proporcionar uma melhor socialização entre o bebê e os demais integrantes da família, além de ser mais fácil de guardar e transportar que uma cadeira de alimentação tradicional.

No entanto esse modelo não possui bandeja para concentrar a bagunça da criança e não tem a opção de ser reclinável.

Booster – Assento elevatório

 

O booster, ou assento elevatório, é um utensílio que visa elevar a criança até o nível da mesa por meio de um assento preso por cintos à uma cadeira comum.

A praticidade é a principal característica desse modelo que pode ser facilmente transportado não apenas dentro de casa como também em viagens e passeios.

É importante, ao optar por esse modelo de cadeira de alimentação, verificar se ele se encaixa bem à cadeira utilizada para prendê-lo e deixa o acessório seguro para seu bebê.

 

Atenção com a segurança

 

A cadeira de alimentação é um dos itens que você comprará para o seu bebê que mais precisa de atenção quanto à segurança.

É imprescindível que esse utensílio tenha o selo do inmetro atestando a segurança dos itens e materiais da cadeira.

Por que evitar os itens extras (música, brinquedos, atividades…)?

 

A cadeira de alimentação deve ser usada única e exclusivamente nos momentos da refeição.

É importante criar esse hábito nas crianças para que elas entendam que na hora de comer é preciso ter foco na alimentação.

Deixar que a criança se distraia durante as refeições pode acarretar em dois problemas: ou ela comer pouco demais por estar distraída ou comer além da conta por não perceber que já está saciada.

Também é importante que o bebê observe o alimento que está comendo e interaja com as mãos sentindo sua consistência.

 

Como escolher?

 

O objetivo ao adquirir uma cadeira de alimentação é garantir a segurança da criança e a praticidade dos adultos durante as refeições.

Crianças pequenas costumam ficar inquietas e impacientes nesse momento por isso a importância de escolher um modelo que ofereça segurança e conforto.

A seguir confira algumas dicas de como decidir qual é a melhor cadeira de alimentação para a sua casa e rotina:

Espaço

 

Você tem espaço suficiente para optar por uma cadeira de alimentação tradicional? Ou ela acabará se tornado um estorvo na sua casa?

Verifique qual disponibilidade de espaço você tem, se sua casa é grande ou tem um espaço específico para isso, optar por uma cadeira tradicional pode ser a melhor decisão por ser a mais prática e completa.

Se, por outro lado, sua casa é pequena optar por um assento para elevar a criança sobre uma cadeira comum é a melhor decisão, embora te dará mais trabalho no dia a dia.

Praticidade

 

A hora de comer para as crianças é uma verdadeira festa da bagunça e sujeira, elas espalham comida para todo o lado e sujam tudo ao seu redor.

Esse comportamento é esperado e até aconselhável que você deixe seu filho interagir com os alimentos.

O problema é o trabalhão que isso dá depois, na hora de fazer a limpeza da cadeira de alimentação.

Justamente por isso escolher uma cadeira com bandeja removível é a melhor decisão para facilitar sua vida.

Além disso o material do assento também precisa ser de fácil limpeza, de preferência impermeável.

 

Funcionalidade

 

Se tem uma coisa que as mamães aprendem logo é que precisam encontrar itens versáteis para facilitar o dia a dia delas, não é mesmo?

Optar por uma cadeira com ajuste de altura facilita o uso do utensilio independente de onde você está sentada para alimentar seu bebê.

Outra versatilidade que a cadeira de alimentação pode ter é um encosto reclinável que proporciona um assento mais confortável onde seu filho poderá ficar por mais tempo.

Pensar em um modelo de cadeira que pode ser guardado em momentos que não está sendo usado também é importante.

Para isso você pode escolher um modelo dobrável que caberá em um cantinho após o uso.

peso suportado

 

Quanto maior o peso suportado pela cadeira de alimentação do seu filho maior será o tempo de utilização da mesma.

Escolha um modelo que suporte um peso que corresponda a uma criança entre os dois e três anos, que é quando ela deixará de ser usada.

 

Como limpar a cadeira de alimentação?

 

Como já foi dito anteriormente as crianças fazem muita sujeira para se alimentar, por isso a cadeira de alimentação precisa ser constantemente higienizada.

No entanto, limpar o local onde seu filho coloca os alimentos e os come diretamente de lá requer alguns cuidados.

Entre eles não utilizar produtos de limpeza como desinfetantes ou desengordurantes, ao invés disso opte por água abundante e sabão neutro.

Para uma limpeza mais intensa que remove aquelas bactérias que ficaram escondidas use uma solução antisséptica periodicamente. 

Conclusão

 

A cadeira de alimentação pode ser sua grande aliada, para isso escolher o modelo certo para a sua rotina é essencial.

Não esqueça de tomar todos os cuidados com a segurança e higiene do item no seu dia a dia para o bem estar do seu bebê.

Seja muito bem vinda ao mundo das papinhas e boa introdução alimentar para o seu pequeno.

 

Gostou do artigo?

Deixa um comentário e nos segue no Instagram.

E bem-vinda ao mundo da maternidade.