Para saber qual a melhor mamadeira veja 9 opções de modelos. Além de saber qual a melhor mamadeira anticólica e para recém-nascidos.

 

Quando o assunto envolve a alimentação, um item que vem logo à cabeça das mamães é a mamadeira, algo essencial na definição do enxoval do bebê.

 

Este item tão importante pode impactar diretamente na qualidade de vida do seu pequeno, por este motivo preparamos um material completo para que você esteja pronta para escolher a melhor mamadeira.

 

Orientação Médica

 

A orientação médica é de que os bebês sejam alimentados exclusivamente pelo leite materno até os seis meses direto no seio da mãe, após este período o aleitamento materno deve continuar de forma complementar, junto com uma alimentação variada.

Este seria o mundo ideal, mas a realidade é que muitas mamães precisam recorrer às mamadeiras no processo de alimentação dos seus filhos.

Um dos principais motivos é a  rotina corrida da volta ao trabalho ou dificuldades no processo natural de amamentação que leva a mulher a dar formula ao bebê.  

Ainda há a possibilidade de a mamãe tirar o próprio leite e deixar armazenado para seu bebe toma-lo na mamadeira.

Qual o melhor tipo de mamadeira?

 

Para definir qual é a melhor mamadeira é importante analisar não só as características físicas como tamanho da mamadeira, tipos de bicos e materiais, mas principalmente avaliar as necessidades do bebê.

Com relação ao material das mamadeiras, elas podem ser de plástico, de vidro, silicone ou aço inoxidável, abaixo segue as vantagens e desvantagens de cada tipo.

Mamadeira de vidro: vantagens e desvantagens

 

A principal vantagem da mamadeira de vidro, é que ela não absorve gosto nem cheiro, sendo assim você pode utiliza-la por muito mais tempo.

A mamadeira de vidro é muito mais fácil de higienizar e esterilizar, evitando o risco de proliferação de germes e bactérias.

Por ser mais pesada e ter maior risco de quebrar o uso da mamadeira de vidro exige maior cuidado, principalmente nos dias de passeio, o bebê também terá dificuldade de segurar este tipo de material.

Por este motivo, exige maior atenção para evitar acidentes, o ideal é ter uma mamadeira destas em casa e quando sair optar por uma de plástico.

Mamadeira de plástico: vantagens e desvantagens

 

A mamadeira de plástico além de ser mais barata possui maior versatilidade para ser utilizada em diversos passeios, é leve e dificilmente quebra.

A desvantagem desta mamadeira é que com o tempo o plástico pega cheiro e gosto, além de ficar com aspecto de arranhado, devido necessidade de esfregar com frequência seu interior para correta higienização.

Mamadeira de silicone e aço inoxidável

 

Livre de componentes químicos, a mamadeira de silicone e aço inoxidável é extremamente resistente, leve e durável.

A desvantagem fica por conta do preço e da dificuldade de encontra-las no mercado.

 

Capacidade das mamadeiras

 

Entre os diversos modelos disponíveis no mercado, é possível encontrar mamadeiras com capacidade a partir de 30ml, as famosas chuquinhas, até 330mls.

Bebês recém-nascidos ingerem pouco líquido, neste caso, uma chuquinha ou mamadeira de até 120ml já atende a necessidade do bebê.

Estas mamadeiras também são ideais na fase de introdução da água.

Para os bebês de seis meses a um ano de vida o indicado é uma mamadeira com 200 ml, quantidade adequada não só para o leite como para outras bebidas.

 

Bico de Látex ou Silicone

 

Os bicos de mamadeira atualmente são, em sua grande maioria, de látex ou silicone.

A vantagem do látex é que é mais macio e se assemelha à textura do seio da mãe, por este motivo são mais indicadas para bebês recém-nascidos, e para os momentos de transição entre a amamentação materna para a mamadeira.

O bico de látex tem o preço mais em conta, mas possui a desvantagem de absorver odores com mais facilidade, por este motivo o bico de silicone é mais comercializado atualmente.

O bico de silicone tem material resistente e durável sendo mais higiênico por ser menos poroso.

O bico de silicone é o mais indicado para bebês que já saíram da amamentação no peito.

 

Mam ou Avent: qual a melhor mamadeira anticólica?

Aqui vale ressaltar que não existe milagre, nenhuma mamadeira acabará com as cólicas que o bebê sente, estas mamadeiras irão prevenir as causas dos sintomas da cólica e do refluxo.

Na maioria dos bebês as cólicas são causadas pelos gases que se formam principalmente pela imaturidade do sistema digestivo da criança.

Este período ocorre geralmente a partir das primeiras semanas até por volta dos 4 meses.

Estes gases que se formam no bebê ocorrem principalmente pela ingestão de ar durante a mamada, seja diretamente do peito ou pelo uso da mamadeira.

Neste caso, algumas mamadeiras têm com o propósito de evitar que o bebê faça a ingestão do ar durante a mamada.

A seguir conheça dois modelos que são referência de mercado a Man First Bottle e a Avent Pétala Anticólica.

 

Mamadeira Mam First Bottle

Com capacidade de 130ml esse modelo foi desenvolvido especialmente para reduzir os quadros de cólicas no bebê.

Com furos de ventilação na sua base, a ideia é que durante a mamada o ar que entra na mamadeira saia por estes furos (devido uma borracha de proteção não há risco de vazamentos).

Além disto, este modelo é auto esterilizável, não necessita de nenhum acessório de esterilização, basta colocar ela de forma adequada dentro do micro-ondas com água por três minutos e pronto.

 

Veja o preço atualizado:

 

 

Avent Pétala Anticólica

 

Famosa por ter um bico que se assemelha ao peito materno, essa característica facilita a vida das mamães que intercalam a amamentação no peito com a mamadeira.

O sistema anticólica desta mamadeira fica no próprio bico, pois é onde fica o filtro por onde o ar sai, importante frisar que este filtro deve permanecer para cima para que o ar saia de forma eficaz.

 

Veja o preço atualizado:

 

             

 

Quantas mamadeiras comprar?

 

Não existe uma regra para definir a quantidade de mamadeiras necessárias para contemplar o enxoval do bebê.

Uma sugestão é de duas a três mamadeiras de até 120ml e de duas a três mamadeiras de aproximadamente 240ml, esta é uma quantidade que, a princípio, atende a maioria das mamães.

Caso a mamadeira seja a forma principal de alimentação do bebê, principalmente os recém-nascidos, o ideal é que se tenha uma quantidade maior, em torno de oito a doze mamadeiras.

Este número pode até parecer alto, mas pode ser necessário para que não falte mamadeiras limpas na hora da necessidade, depende muito da rotina e da organização que a mamãe conseguirá implementar.

Nos primeiros meses do bebê as mamadas são frequentes, mas em pouca quantidade, e as sobras de leite devem ser sempre descartadas.

Confira abaixo alguns modelos de mamadeiras das principais marcas que você encontrará no mercado:

 

Qual a melhor mamadeira?

 

Veja aqui algumas excelentes opções para o seu bebê:

 

Mamadeira Avent

 

Kit Mamadeiras Anti-colic 125ml 260ml E 330ml Philips Avent

Kit com três mamadeiras Anti-colic Clássica Philips Avent.

Estudos clínicos mostram que o sistema anticólica da Mamadeira Philips Avent reduz significativamente a cólica e agitação dos bebês.

Isto geralmente ocorre após a amamentação do bebê, o exclusivo diafragma do bico Avent é flexionado e à medida que a criança se alimenta, a válvula integrada do bico é flexionada permitindo a saída do ar na mamadeira para evitar que o vácuo se forme e que o ar vá para a parte interna da mamadeira.

Com menos cólica a criança tem um sono tranquilo, é mais saúde para o bebê.

 

Veja o preço atualizado:

 

                   

 

Mamadeira Lillo

 

Kit Primeiros Passos Rosa com 3 Peças – Lillo

 

Um kit ideal para seu bebê! A maciez do bico dessas mamadeiras oferece uma excelente adaptação durante o início da utilização. São confeccionadas em polipropileno, inquebráveis e atestadas pelo Inmetro.

 

Veja o preço atualizado:

 

 

Mamadeira Lillo Divertida 260ml

 

Mamadeira Lillo divertida com bico em látex macio e flexível, material da mamadeira em polipropileno, capacidade 260ml atóxico – cores e estampas podem variar, livre de bisfenol (BPA) possui gargalo higiênico.

 

Veja o preço atualizado:

 

 

Mamadeira NUK

 

Kit Mamadeira Starter FC 90ml/150ml/300ml Girl Nuk

 

Este kit possui três lindas mamadeiras de tamanhos diferentes para acompanhar cada fase da criança, possui Sistema de Válvula Air Sytem Anti cólica que reduz a Formação e ingestão de bolhas de ar, durante a alimentação.

O Sistema de Fluxo de líquido nuk é composto por três tamanhos de furos que controlam a saída de liquido e garantem um fluxo constante e uniforme de acordo com a consistência do alimento e a faixa etária do Bebê.

 

Veja o preço atualizado:

 

                  

 

Mamadeira – My First Girl – 300 ml S2 – Nuk

 

A mamadeira First Choice da Nuk possui bico ortodôntico de silicone para líquidos de média consistência.

Com válvula de ventilação Air System, permite que o bico, ao ser pressionado, libere o ar, mantendo seu formato e maciez além de reduzir a ingestão de ar.

Desenvolvida em polipropileno, é livre de Bisfenol A (BPA Free) e não agride a saúde do bebê.

 

Veja o preço atualizado:

 

 

Mamadeira – Nuk Evolution 250 ML – Girl – NUK

 

A Mamadeira Evolution Tamanho 2, 250ml, da Nuk possui:

– bico ortodôntico de silicone

– válvula com Air System, que reduz a ingestão de ar durante a alimentação

– bocal largo, que facilita na limpeza

– é ideal para líquidos de média consistência.

 

Veja o preço atualizado:

 

 

Mamadeira MAM

 

Mamadeira MAM Easy Active Fashion Bottle 270ml Menino

 

O formato ergonômico é confortável de se segurar mesmo por pequenas mãos, sua abertura larga facilita enchimento e higienização.

Possui cores vibrantes e desenhos estilosos que captam a atenção. Tampa protetora antivazamento. Bico com Silicone Slin Soft.

Formato achatado que se acomoda na boca.

 

Veja o preço atualizado:

 

 

 

Qual a melhor mamadeira para recém-nascido?

 

A variedade de mamadeiras que existe hoje não facilita a vida das mamães de primeira viagem, e sem as devidas orientações encontrar a mamadeira ideal para seu bebê pode se tornar um grande desafio.

Devido as mudanças no design da mamadeira garantir maior conforto e eficiência no processo de amamentação do seu pequeno se tornou algo mais fácil.

O processo de amamentação com mamadeira tem se tornado algo muito próximo do processo de amamentação natural devido inovações que garantem, também, maior segurança para o recém-nascido.

Na procura da mamadeira ideal para o bebê recém-nascido você precisa ficar atenta aos materiais utilizados, tamanho, formato e fluxo do bico.

Algumas mamadeiras também auxiliam no combate à cólica e ao refluxo, para te ajudar na escolha da mamadeira ideal para seu pequeno segue algumas dicas:

 

Material do bico: látex ou silicone

 

Os bicos de látex são extremamente macios, se aproximando muito da textura do mamilo, o que facilita muito a transição da criança do peito para a mamadeira, esta é com certeza sua maior vantagem, além do preço, este modelo costuma ser mais barato.

A grande desvantagem é que os bicos de látex se deterioram com maior rapidez, e embora seja raro, algumas crianças desenvolvem alergia ao látex.

Os bicos de silicone, embora sejam mais firmes que o de látex, são vistos como os melhores por ser um material mais higiênico e hipoalérgico.

Além disto, o bico de silicone possui menos poros que o de látex, dificultando a proliferação de bactérias, e é super-resistente a temperaturas extremas no seu processo de higienização.

 

O Bico da Mamadeira e seu tamanho

 

Podemos classificar o bico da mamadeira em tamanhos dependendo da sua taxa de fluxo.

Prematuros: Com vazão extra lenta as mamadeiras para bebês prematuros são desenvolvidas para atender às necessidades especiais deste público, que apresenta uma dificuldade para engolir natural.

Etapa 1: Com vazão extra lenta, esse bico é projetado para bebês recém-nascidos, tem um orifício pouco maior que o de um prematuro, mas bem menor do que o estágio dois e três.

Etapa 2: Quando seu bebê começar a fazer paradas e apertar o bico da mamadeira com frequência é a hora de recorrer ao bico de estágio dois.

Etapa 3 e 4: Com maiores taxas de fluxo, essas mamadeiras são pensadas para bebês maiores que já possuem poder de sucção mais desenvolvido.

Podem ocorrer algumas variações na classificação de cada marca para o tamanho do furo da mamadeira, mas em geral essa classificação é bem intuitiva e a troca do bico deve ser realizada conforme a necessidade do bebê.

 

Cuidados com a Mamadeira

 

Na escolha da mamadeira ideal é importante se atentar à alguns detalhes importantes.

Na composição das mamadeiras de plástico deve haver a informação de que são livres de bisfenol (BPA) substância tóxica que pode ser prejudicial à saúde do bebê.

A grande maioria das mamadeiras de plástico são de polipropileno, neste caso, pode ficar tranquila pois este material é livre de bisfenol.

Em meio a grande variedade de mamadeiras com estilos e designs diferentes os modelos com bocal mais largo oferecem a vantagem de facilitar o processo de limpeza e manipulação dos líquidos.

Inclusive, abaixo segue algumas dicas para correta higienização da mamadeira, acompanhe a seguir um passo a passo.

 

Saiba como lavar e esterilizar corretamente a mamadeira

 

Inicialmente lave a mamadeira internamente com água e pouco sabão neutro utilizando uma escovinha que seja exclusiva para a mamadeira do seu bebê.

Dê atenção para a limpeza do bico e da tampa que é rosqueada no corpo da mamadeira, importante remover todos os resíduos externos e internos.

Após lavar a mamadeira é importante esterilizar, a orientação é que a cada uso a mamadeira seja esterilizada para bebês de até seis meses.

Para crianças maiores de seis meses o processo de esterilização pode ser realizado apenas uma vez por dia.

Para esterilizar a mamadeira o método mais comum é fervê-la na água, mas também é possível desinfetar no micro-ondas ou utilizar produtos químicos.

Caso opte pela fervura na água é importante avaliar se a mamadeira suporta altas temperaturas, alguns tipos de plásticos podem deformar com o calor excessivo.

O interessante é deixar a mamadeira e o bico fervendo por 5 minutos.

Para desinfecção no micro-ondas é necessária utilização de esterilizador próprio para essa finalidade, esse método é muito eficiente, pois o equipamento de esterilização libera vapores em temperaturas muito mais elevadas em comparação com a água fervida.

Já o método de esterilização por produtos químicos só é recomendado para mamadeiras de vidro, mas este método não é comum, o importante é estar atento às informações que o fabricante passa sobre a melhor forma de esterilização para sua mamadeira.

 

Conclusão

 

A amamentação é um momento muito importante na vida de um bebê, seja pelo aleitamento direto no seio ou pela mamadeira, é importante criar uma experiência prazerosa entre mãe e filho.

Com todas as informações levantadas você já se tornou uma expert no universo das mamadeiras e está pronta para escolher produtos de qualidade que com certeza vão fazer toda a diferença na vida do seu bebê.

 

Gostou do artigo?

Deixa um comentário e nos segue no Instagram e YouTube.

E bem-vinda ao mundo da maternidade.