A gestação é repleta de mudanças e o sono na gravidez é um sintoma que precisa ser conversado.

As mães de hoje são mulheres totalmente ativas e possuem tarefas diversas.

Muitas são trabalhadoras, seja no regime CLT ou como dona do seu próprio negócio.

Outras estudam ou estão procurando progredir ainda mais em suas carreiras.

Além disso, cuidam da casa e da família.

Sem deixar de lado os cuidados pessoais e as relações de amizades.

Ufa! São tantas tarefas que só de ler já bate um cansaço.

Agora, imagina dar conta de tudo isso e ainda grávida.

Não é uma tarefa fácil e o descanso se torna algo imprescindível.

Mas, você sabia que 75% das grávidas apresentar alguma dificuldade para dormir?

Isso mesmo. O sono na gravidez é bem complicado e durante a gestação você poderá ter vários distúrbios.

Como:

– sonolência

– cansaço excessivo

– insônia

– pesadelos

 

Quer saber mais sobre o sono na gravidez e ainda receber dicas de como lidar com ele durante toda a gestação?

Continue lendo o artigo e você vai ficar sabendo tudo isso e muito mais.

 

Já pensou em fazer um curso e ficar sabendo tudo sobre gestação?

 

CURSO MAMÃE COMPLETA

 

MANUAL MAMÃE COMPLETA

 

Quando começa o sono na gravidez?

 

A sonolência na gravidez é percebida bem no início da gestação.

Esse é um dos sinais mais conhecidos da gestação, acompanhado dos famosos enjoos e tonturas.

Então, se você começou a sentir o sono incontrolável do início da gestação, pode ficar tranquila.

Pois, você não vai se sentir assim durante os 9 meses.

Essa é uma das características do primeiro trimestre de gestação.

Aos 4 meses você já vai estar se sentindo mais ativa.

 

É normal sentir muito sono e cansaço na gravidez?

 

Sim, o sono incontrolável e o cansaço excessivo são bem comuns na gravidez.

Isso ocorre pela alta concentração de progesterona.

E também pelo aumento do volume sanguíneo.

Essa demanda maior faz com que o coração precise bombear mais e dá essa sensação de cansaço.

Mas, esses sintomas ocorrem somente no primeiro trimestre de gestação e você vai conseguir lidar bem com isso.

Você pode seguir algumas dicas para conseguir amenizar um pouco essa sensação.

São elas:

 

1.      Está com sono? Pode dormir.

 

Não tem problema dormir o tempo que for necessário.

O sono é um sinal de que o seu corpo precisa de descanso.

A mudança no seu corpo está só começando e você vai precisar de energia para isso.

 

2.      Durma em local adequado

 

Não deite em qualquer canto ou cadeira.

Eu sei que é bem tentador e tem horas que você nem percebe e já está dormindo.

Mas, procure estar bem acomodada em um quarto arejado e escuro.

E use roupas confortáveis para isso.

Todo esse processo faz parte do descanso.

 

3.      Evite eletrônicos

 

Assim como o sono é incontrolável durante o dia ele parece desaparecer quando vai anoitecendo.

Então, procure evitar usar aparelhos eletrônicos, como smartphone e televisão, antes de ir dormir.

Eles são estimulantes e você pode não conseguir descansar.

 

4.      Durma cedo

 

Você vai precisar entre 10 a 12h de descanso.

Então, vá para cama cedo.

Aproveite que esse é um momento especial e único da sua vida.

Delegue algumas tarefas e vai descansar.

 

Falta do sono na gravidez

 

O sono na gravidez é muito variável.

Você pode ter um sono incontrolável e também insônia.

Isso tudo vai depender de que fase da gravidez que você está e quais outros sintomas você vem sentindo.

Então, vamos conhecer um pouco mais sobre esses sintomas, como eles interferem no sono e o que fazer para melhorar.

 

Já pensou em fazer um curso e ficar sabendo tudo sobre gestação?

 

CURSO MAMÃE COMPLETA

 

MANUAL MAMÃE COMPLETA

 

7.      Vontade de fazer xixi toda hora

 

Um sintoma bem comum durante o primeiro e o último trimestre da gestação.

No primeiro trimestre a barriga ainda não começou a crescer e o espaço já está pequeno.

E no último trimestre o bebê já está grande e pesado.

Nos dois casos a bexiga é pressionada e faz com que a gestante tenha vontade de fazer xixi toda hora.

Se isso já é um incômodo durante o dia, imagina durante a noite.

As futuras mães precisam se levantar o tempo todo para ir até o banheiro e aí é uma dificuldade voltar a dormir.

A dica para lidar com isso é não beber líquido a noite.

Para as grávidas que moram em locais frios: manter-se aquecida também ajuda a diminuir a vontade de fazer xixi toda hora.

 

8.      Cãimbras

 

As câimbras são bem comuns a partir do segundo trimestre de gestação.

O seu bebê se alimenta do que você se alimenta através da sua corrente sanguínea.

Por isso, você precisa ficar de olho e fazer os exames solicitados pelo médico a cada trimestre.

Pois, você não precisa se alimentar por dois.

Mas, precisa comer um pouco de todos os nutrientes.

E é por causa da falta de potássio e cálcio que as câimbras aparecem.

E como é ruim acordar na madrugada com dor.

 

Quer saber dicas de como lidar com a câimbra?

  • Na hora: alongue e dê leve batidas no músculo.
  • Para evitar: ingira alimentos ricos em cálcio e potássio como banana, melancia e derivados do leite.

 

9.      Formigamentos e inchaço nas pernas

 

A sensação de pernas cansadas e inchadas ocorrem a partir do segundo trimestre.

Mas, é bem mais comum no último semestre.

Isso acontece devido ao aumento de peso.

A barriga mais pesada acaba comprimindo vasos sanguíneos importantes.

Então, a circulação fica mais difícil.

Com certeza esses sintomas atrapalham na hora de dormir.

 

Quer dicas para lidar com isso?

  • Deixe, sempre que possível, as pernas elevadas.
  • Tome um bom banho antes de dormir.
  • E faça alongamentos.

 

10.      Calor à noite

 

Você sabia que o aumento da progesterona na gravidez faz com que aumente a temperatura corporal?

Pois é, uma grávida tem 0,5°C a mais que uma pessoa normal.

Ou seja, a temperatura de uma grávida é de 37°C.

Uma boa parte das gestantes nem percebem esse aumento.

Mas, algumas acabam sentindo calor à noite.

E a notícia ruim é que isso vai acontecer durante toda a gestação.

A dica para aliviar esse sintoma que pode atrapalhar o seu sono é tentar se refrescar de alguma forma.

Como se fosse um dia quente normal.

Tome banho mais frio e use ventiladores ou ar-condicionado.

 

11.      Pesadelos

 

No momento em que descobrimos a gravidez um turbilhão de sentimentos é aflorado.

Felicidade, alegria, expectativa são os sentimentos mais falados.

Mas, por trás de toda a beleza da gestação e maternidade existem outros sentimentos.

A preocupação, medo, ansiedade e incertezas estão presentes.

O sonho é um dos mecanismos de elaboração psíquica daquilo que estamos vivendo.

Então, acaba sendo comum sonhos com crianças doentes, parto difíceis e outros tipos de situações.

Isso acaba atrapalhando e muito o sono na gravidez.

Quer saber como lidar com os pesadelos na gravidez?

A dica é simples:

  • informe-se
  • converse sobre isso.

Nada melhor do que ter a informação correta para ficar calma.

Você pode conversar com o seu médico e até mesmo fazer um curso sobre gestação e maternidade.

E converse com sua mãe, seu parceiro, suas amigas e outras mães.

Troque experiências e tire dúvidas.

 

Quer uma dica de curso sobre maternidade e gestação? Clique aqui

 

12.      Congestão nasal, roncos e falta de ar

 

A congestão nasal, os roncos e a falta de ar começam a aparecer no final do segundo trimestre.

Isso acontece por causa da barriga que está crescendo e comprimindo órgãos.

Além disso o diafragma, que é o principal músculo da respiração, fica com pouco espaço para trabalhar.

E tudo isso piora quando a grávida fica na posição deitada.

E acaba atrapalhando o sono na gravidez.

 

Quer saber como lidar com isso?

As dicas são:

  • elevar a cabeceira da cama
  • fazer exercícios respiratórios.

 

14.      Bebê mexe muito

 

É bem normal o bebê mexer durante à noite.

Esse é o momento em que você para as tarefas e consegue perceber melhor o movimento dele.

Nesse caso, você tem que descobrir se na verdade não é a insônia que tem feito você perceber esse movimento maior.

Então, para lidar com essa situação o ideal é tentar dormir um pouco melhor.

Para isso, verifique o motivo da insônia e tente seguir uma de nossas dicas.

E ainda aproveite e tome um banho morno antes de dormir para relaxar.

Tomar um copo de leite morno também ajuda.

Não é lenda, o leite possui um aminoácido chamado triptofano.

Ele ajuda a relaxar os músculos e induz ao sono.

 

Posição para dormir na gravidez

 

Esse é um grande problema na gestação: encontrar uma posição confortável para dormir.

Mas, na verdade a posição para dormir na gravidez vai muito além do conforto.

Se você não deitar na posição correta pode prejudicar a circulação sanguínea do cordão umbilical.

Então, é melhor seguir as recomendações.

A posição certa é:

  • deitar para o lado esquerdo e com um travesseiro entre as pernas.

O travesseiro não precisa ser muito alto.

A altura deve ser suficiente do espaço que fica entre as pernas quando estamos em pé.

Essa posição, além de favorecer a circulação sanguínea que alimenta o bebê, também previne dores na região lombar da gestante.

 

Experiência de mãe

 

Uma mãe com duas gestações não tem como dizer que elas foram iguais.

E as minhas não foram mesmo.

E isso inclui a minha relação com o sono e os sintomas que atrapalham o sono na gravidez.

Na minha primeira gestação o sono incontrolável no primeiro trimestre foi muito presente.

No segundo trimestre a gestação foi muito tranquila.

Mas, tinha muitas câimbras na noite e acordava na madrugada quase todas as noites.

Já no terceiro trimestre o inchaço das pernas e a falta de ar foram muito presentes.

Eu acabava dormindo quase que sentada na cama e abusava do uso de vários travesseiros.

A segunda gestação foi mais tranquila no começo.

Mas, já no segundo trimestre eu comecei com dores no quadril e muita azia.

A falta de ar também se fez presente e o sono era quase impossível.

Mas, como eu já era mãe eu estava mais acostumada com o fato de não dormir uma noite inteira.

Eu costumo dizer que o nosso corpo já vai nos acostumando com as noites mal dormidas que teremos com o bebê recém-nascido.

 

Espero ter ajudado e tirado as dúvidas sobre o sono na gravidez.

 

Gostou do artigo?

Deixa um comentário e nos segue no Instagram.

E bem-vinda ao mundo da maternidade.